Blend Coberturas!

Blog

border

Dicas

15/01/2018

Lucro: um dos maiores problemas dos confeiteiros

Lucro: um dos maiores problemas dos confeiteiros

Você é confeiteira há anos, mas toda vez que vende um produto, fica insegura quanto ao lucro que teve, ou pior, você vende os produtos com frequência, trabalha muito e mesmo assim não tem o retorno esperado? Saiba que você não está sozinha. São muitos os relatos de profissionais da confeitaria que reclamam desses mesmos problemas. 

Mas se eu não sou a única, então quer dizer que posso simplesmente achar que este não é um problema e continuar trabalhando da mesma forma? Não. Definitivamente, se você trabalha e vende, mas não tem lucro, algo está errado no seu processo. Neste texto vamos te ajudar a encontrar e diagnosticar o problema para que você possa ter o lucro que almeja. 

Os principais roubadores de lucro:

Vamos direto ao ponto, existem alguns fatores que são definitivamente os grande ladrões dos lucros da cozinha, não importa o segmento, como:

Descontos

Produtos que não rendem 

Falta de padronização de receitas

Não saber calcular o preço de venda de produtos 

Excluir o preço da mão de obra 

Excluir os custos de insumos como energia elétrica e gás

Estes itens estão entre os principais responsáveis pelos baixos retorno financeiro da venda de produtos culinários.

Mas não é o fim da linha. Você não está fadada a trabalhar muito e receber pouco. Mas para virar a mesa, encontrar e solucionar os problemas é preciso que você e sua equipe façam uma análise criteriosa da rotina da cozinha, do estoque e das compras e vendas. Tudo deve ser considerado e com certeza vocês irão identificar algumas das falhas listadas acima e para cada uma delas, nós temos uma proposta de solução:

Reduzir os desperdícios para aumentar o lucro

Cada grama conta. O manuseio de ingredientes, quando feito sem critérios pode resultar em pequenas (ou grande) percas de insumo. Considere pesar e quantificar exatamente cada produto utilizado. De preferência, separe em pequenas porções o volume do uso total diário. Por exemplo, vai fazer bolos? Separe vários recipientes com a quantidade necessária de cada ingrediente para cada receita e ao utilizá-los use todas as ferramentas de economia, como as colheres de silicone e a transição exata dos ingredientes (colocando a quantidade certa, direto no recipiente da mistura, sem esparramar ou perder no manuseio).

A importância dos processos de produção

Tenha um ambiente funcional. Tempo é dinheiro, recursos são dinheiro e utilização otimizada disso é lucro certo. Economize energia humana ao dispor utensílios e ingredientes sempre ao alcance das mãos. Prepare o local de trabalho antes de iniciar a execução das receitas. Tenha tudo disposto na ordem em que será utilizado. Padronize cada movimento de maneira que, com precisão, seja necessário o mínimo possível de esforço e atenção dividida com outras tarefas como buscar, medir, calcular, transferir. Você vai se surpreender com os ganhos dessa prática.

Receita padronizada: custos controlados

Padronize suas receitas. Sim, pode dar um pouco de trabalho estabelecer as medidas exatas para cada receita, principalmente se você usa da sua experiência para “complementar” á olho quando está preparando algo. Mas receitas padronizadas significam que além de garantir sempre o mesmo resultado em questão de custo, resultado, sabor, textura e aparência, é possível delegar funções e ampliar a equipe com maior facilidade. Dedique o tempo que for necessário para desenvolver e documentar essa padronização e os impactos no seu lucro serão diretos.

Produtos de qualidade = alto rendimento

Invista em produtos de alta qualidade. O produto final depende muito da qualidade de cada ingrediente utilizado na receita e por mais que pareça bobagem, não é a toa que bons produtos tem o preço mais elevado; eles influenciam diretamente no rendimento e no sabor de cada preparado e reflete diretamente na fidelização do público e no preço final. Paga-se mais por produtos melhores. Paga-se menos por produtos de qualidade inferior.

Calcule os seus lucros de maneira correta

Nunca se esqueça de incluir a mão de obra e os insumos necessários no preço do produto final. Quantas horas você gasta para preparar um bolo, por exemplo? Do começo ao fim, quer dizer, desde a separação dos ingredientes até a embalagem final, quanto tempo você leva? Quanto quer ganhar por cada hora investida? Estipule esse preço e inclua-o. Conte também o valor médio do consumo de energia elétrica, água e gás utilizados na preparação. Quanto aos ingredientes, o ideal é calcular 3x o valor bruto utilizado, tendo tudo pesado e corretamente dimensionado, fica fácil, não é?

Não perca mais tempo e dinheiro. Ponha em prática o quanto antes essas dicas e veja o seu lucro aumentar a cada dia, observe também os clientes sendo fidelizados pelo seu sabor e o número das vendas subirem mais e mais e para isso, conte sempre com a Blend e nossa seleção especial de produtos.


Descubra onde adquirir os nossos produtos: DISTRIBUIDORES



Seja um mestre confeiteiro: Assine nossa Lista

Preencha seus dados abaixo

border

check
check
check

Fábrica

Escritório